Ja pensou que prático, acordar e não ter duvida nenhuma do que vai vestir naquele dia e ja ter um look pré estabelecido e único para usar todos os dias do ano?!

Pois é, por esses dias saiu em todo quanto é site a história da Matilda Kahl, que há 3 anos decidiu usar a mesma roupa todos os dias. Sabe aquela coisa de ter que escolher a roupa adequada para as situações do dia-a-dia!? ficar na duvida do que vestir e temer ter tomado a decisão errada, ou ter feito a escolha de uma roupa errada para uma reunião importante!?!? Foram exatamente essas questões que fizeram com que Matilda tomasse uma decisão definitiva de usar todos os dias as mesmas roupas.

mesma roupa todos os dias

mesma roupa todos os dias

Matilda criou um uniforme diário! Foi até a Zara encomendou 15 camisas do mesmo modelo, mais calças pretas e usa todos os dias o mesmo look, que tem um charme a mais dado pelo laço na gola da camisa. Dessa forma ela simplificou a vida, economizou tempo e tem uma preocupação a menos na sua rotina. Mas só para constar, Matilda usa outras roupas sim, em sua entrevista para a Harpers Bazaar ela disse adorar vestidos e que o uniforme é para os dias de trabalho na agência.

“Adoro vestidos, são femininos e funcionam na maioria das ocasiões. Nunca tive problemas em me arrumar bastante para festas, então à noite geralmente uso saltos e muitas cores e estampas”.

mesma roupa todos os dias

 Fotos: harpers Bazaar e Instagram

A ideia da americana realmente é uma ótima opção de praticidade para o dia-a-dia mas será que o uniforme é tão necessário assim!? E a diversão de estar, assim como nosso humor, um dia diferente do outro? Claro que algumas marcas querem nos enfiar suas coleções guela abaixo a cada estação, mas será que a solução é essa!? adotar um uniforme?

Bem, é uma opção a se cogitar, e com certeza uma forma de desafiar a industria da moda que não cansa de nos tentar com roupas e estilos diferentes a cada coleção. Eu não tenho um uniforme, mas com o projeto #365diasdebrecho em andamento  tenho usado e repetido muito as combinações para ir ao trabalho. Sem uniforme, apenas aproveitando o que tenho no armário e evitando o consumo. E sobre a ansiedade na hora de me vestir pela manhã, tem dias que é uma delicia poder experimentar novas combinações, e usando um uniforme acho que isso ficaria muito monótono, quase que uma atitude robótica, programada. Acho que isso não combinaria comigo!

Mas e você!? Curtiu a ideia da Matilda?! A entrevista na íntegra você pode ler na Harpers Baazar.