Ja imaginou ver uma foto sua publicada no Instagram sendo vendida por quase 100 mil dólares!? Pois é, isso aconteceu! o artista Richard Prince em sua ultima exibição em Nova Iorque estava vendendo prints de instagrans alheios por até 100 mil dólares, sob o pretexto de estar vendendo o produto de uma cultura remix.

Em sua galeria a exposição intitulada “Novos Retratos” conta com prints com comentários de Prince no rodapé. Várias dessas “obras” foram arrematadas por valores próximos aos 100 mil dólares e muitas outras estão ainda a disposição de quem se interessar pela “arte”, segundo as informações do Gothamist

350876a8-2fa5-4297-b460-dfa2f5168d52_750_469

A pergunta que não quer calar nessa história é: E os direitos autorais do verdadeiro fotografo? Como todos ja sabem é crime utilizar imagem sem autorização prévia, mas nesse caso como as fotos estão no Instagram e em uso público aceito previamente por quem postou as fotos a utilização delas estaria dentro das leis, sem contar que Prince adiciona alguns novos detalhes a foto, tornando a obra uma nova versão baseada na original. Ou seja, o artista transforma a arte em uma paródia e isso é protegido pelos termos da lei.

2

Richard Prince ja foi absolvido anteriormente por acusações de infração de copyright, por isso a maioria dos fotógrafos que tiveram seu material usado pelo artista nem tentaram um processo. Mas outros profissionais não foram tão tranquilos em relação a essa exposição ainda mais para fins lucrativos, e estão pedindo a suspensão da exibição de suas fotografias.

prince-2

richard_prince_lead_instagram

Fato é, esse é uma assunto polêmico! Até onde vai o direito e o abuso da utilização de materiais alheios!? E se fosse uma foto sua, você cobraria a sua parte no lucro do artista!? Esse é um caso a se pensar, vai que amanhã é uma foto sua sendo vendida por aí!?