Não sei se perceberam, mas por aqui o carnaval passou em branco. Bem, nem tanto. Me mudei para SP bem no meio do carnaval. Tenho que admitir que nunca fui muito chegada na folia, nas multidões suadas pelas ruas, pode parecer coisa de gente chata, mas acho que as energias ficam muito conturbadas nesse período, sem contar que foi se o tempo que eu curtia uma muvuca e beber até cair. Acho que envelheci, normal, vai acontecer com todo mundo, eu acho. E, confesso que nessa ansiedade/bagunça de mudança nem pensei muito em curtir bloquinhos e tal, só conseguia pensar e rezar para não pagar taxa extra de bagagem, e como eu faria o tal bilhete único quando chegasse em Sampa.

No fim, não fui pra rua curtir carnaval, também não paguei por excesso de bagagem e até já consegui fazer meu bilhete único. Essa semana foi bem produtiva, eu e o meu amor compramos nossa primeira cama de casal juntos e todos os dias resolvemos algumas demandas da vida adulta. Estou me ocupando das burocracias nesses dias por que na segunda feira finalmente começa o Curso Abril e sei que os 40 dias de curso serão puxados, com hora pra entrar mas sem hora pra sair, tô morta de ansiedade.

Esse post não era pra falar nada disso, então vou falar logo o que vim falar antes que eu me perca mais. Com a minha mudança pra SP alguns amigos começaram a me perguntar como é a vida por aqui, se é tão difícil quanto falam, como é arrumar um trampo, como são os cursos, como é o trânsito, o custo de vida, e até “como é que faz o bilhete único?” e daí surgiu a ideia de iniciar um projetinho novo pra 2016. Coisa singela, mas que quero fazer com muito amor. Será tipo um diário, com posts, dicas, fotos, minhas impressões sobre a cidade, enfim, mostrar como está sendo minha vida nova em SP. Acho que muitas pessoas tem vontade de vir tentar a vida em São Paulo, mas muitas tem medo pois não tem a menor ideia do que vão encontrar, acho que registrando como está sendo a minha experiência outras pessoas podem se sentir encorajadas a conhecer a terra da garoa e tudo o que ela pode oferecer tanto profissionalmente quanto culturalmente.

garimpo_vidanovaemsp1

Então é isso, com o passar dos dias vou trazendo pra cá meus relatos de coisas que vou vivendo por aqui no dia-a-dia, mas se você quiser saber algo específico é só perguntar. O legal disso é que sou nova por aqui, tenho muito o que aprender, conhecer e ralar então acho que vai ser legal mostrar como é começar a vida em uma cidade nova. Só pra vocês saberem, vou sempre usar a hashtag #vidanovaemsp quando tiver post novo, assim fica mais fácil de acompanhar minha saga.

Espero que dê tudo certo e que vocês gostem desse novo projeto para 2016!

Um beijo,

assinaturadepost