Vivo pelas redes sociais, e como de costume muita gente compartilha de tudo nessas redes, fico sempre atenta para as coisas interessantes que podem aparecer na minha time line num piscar de olhos. Numa dessas piscadelas, vi alguns brincos com desenhos e elementos indígenas, e fui atras saber mais do que se tratava. Entrei no face e no site e descobri um número enorme de acessórios e objetos para casa, achei que era uma cópia do trabalho e cultura indígena, mas para minha alegria e surpresa era muito mais que isso, era um trabalho realmente feito pelas mãos de índios de diferentes tribos do Brasil.

12987053_991582757563774_718946737380385110_n 13001266_991512867570763_3454007085209548292_n

fotos:  Tucum

A Tucum, responsável por trazer esse belos trabalhos aos nossos olhos é um coletivo composto por indígenas, pesquisadores e artistas que juntos promovem uma rede para troca de conhecimentos e experiências. E o propósito dessa união segundo eles é: “difundir a diversidade cultural expressa nas artes e ofícios, valorizando os diferentes modos de criar e existir. Nos preocupamos com toda estrutura da cadeia produtiva, a fim de estabelecer duradouras parcerias. Nas relações estabelecidas com os artesãos, atentamos às questões políticas, socioambientais e particularidades que os diferentes contextos locais nos colocam.”

Toda a ideia também é uma forma de ativismo, eles acreditam e desenvolvem um design sustentável com biojoias e objetos produzidos a partir de material oferecido pela natureza. O coletivo trabalha com a arte e adornos criados pelos povos da floresta, entre eles: os Kayapó, Krahô, Kamayurá, Yawanawá, e os ribeirinhos da região de Santarém.

kayapo_11-2

tucumparacasa_garimpomag

12987065_989065277815522_3158356057520866696_n

Foto: Tucum

O trabalho desenvolvido é muito bonito, uma forma de resgate e valorização da cultura dos primeiros povos do Brasil, que foram passando seus conhecimentos de geração em geração e graças a isso, hoje ele ainda é vivo e pulsante e através das redes sociais chega a todos os cantos do pais e do mundo. Para ver mais e comprar uma dessas peças lindas é só acessar o site oficial clicando aqui.

#garimpotambémécultura