Hesitei muito para escrever esse texto, pois os sentimentos que tenho pela Umbanda são de total respeito, ou seja, não queria expô-la de forma leviana. Contudo, acho que a religião é tão linda e pouco conhecida que ela merece e precisa ser propagada sempre, para que mais e mais pessoas possam ter a alegria de conhece-la sem medos.

Eu tive realmente um encontro com a Umbanda, acho que éramos intimas em outras encarnações, então fazer parte dessa religião, nessa existência era algo que já estava escrito a tempos.

Nunca fui muito de religião, sempre acreditei na força divina, do universo, da mãe terra, do cosmo, em Deus e ponto, tava bom pra mim assim. Mas numa certa época da vida me dei conta de que conhecia apenas duas religiões, a católica e a evangélica, não me identificava com nenhuma das duas, então comecei a pensar que deveria conhecer as outras religiões, porque se existe religião no mundo algum motivo tem, certo!?

desenhos-diversidade-cultural-5Eu tinha decidido que conheceria outras religiões, porém não sabia nem por onde começar. Mas nem precisei fazer muito força, o universo conspirou a favor do que eu estava desejando. A namorada de um grande amigo meu tinha muito contato com centros espíritas, e queria ir visitar um centro de Umbanda que a mãe dela tinha ido uma vez lá em Vitória, ela nem sabia onde ficava o lugar direito, mas me chamou pra ir junto, eu topei na hora, tava muito curiosa pra saber o que encontraria por lá.

Quando achamos o local, já atrasadas, porque nos perdemos, entramos e as preces já tinham começado para dar inicio aos trabalhos da noite. O lugar ficava em cima de uma pedreira, era bem grande, com aqueles bancos típicos de igreja, todo iluminado, pessoas vestidas de branco, e fazendo a prece de caritas. Ali todo o arquétipo que eu tinha construído na minha mente sobre as religiões com influência afro se quebraram na mesma hora. Assim, de cara percebi que aquele era um lugar de paz intensa, e muita, mas muita energia.

Naquele dia me senti “tocada pela palavra” como nunca antes na vida, ver as incorporações, sentir as energias, perceber o trabalho de bem e de caridade me deixava emocionada. Sempre saía de lá chorando de emoção e com o coração leve. Um dia, quando fui tomar um passe senti meu corpo estremecer e as pernas ficarem bambas, eu sentia as vibrações, e se eu fechasse os olhos cairia facilmente. A entidade que me dava o passe me deu a noticia “Você é médium menina, precisa trabalhar, fazer a caridade e ajudar os irmãos que precisam”.

Fiquei de cara!!! Não me assustei, não tinha medo, sentia uma sensação de alegria e bem estar quando estava ali dentro, mas sabia que seria uma grande responsabilidade a assumir na minha vida. O trabalho dos médiuns é coisa séria, é preciso dedicação, humildade, e muito amor no coração para ajudar os que precisam. Levei uns 2 meses para pensar, compreender e aceitar que eu precisava realmente trabalhar. Estar naquele ambiente me fazia bem e eu queria aprender tudo, queria trabalhar, queria ajudar.

Então, todas as quartas e sextas eu estava lá, dentro do terreiro. Nas quartas para o estudo, para aprender mais sobre a Umbanda, e nas sextas para trabalhar. Esse encontro com certeza foi uma das melhores coisas que aconteceram na minha vida.

umbanda

 

Graças a Umbanda conheci pessoas especiais que vão estar na minha vida para sempre. Me tornei uma pessoa mais calma, mais centrada, mais paciente, mais agradecida, me tornei uma pessoa com uma fé inabalável. Poder trabalhar com os irmãos espirituais é muito gratificante, e poder ajudar outras pessoas é uma sensação indescritível. O trabalho que por vezes é cansativo, vale muito a pena quando você percebe que está ajudando alguém.

A história é grande, tem muito mais detalhes, tanto sobre a religião quanto sobre a mediunidade, o trabalho espiritual, orixás, incorporação, passes, orações, pontos e mais um monte de coisas que aprendi e venho aprendendo nesses meus humildes quase 5 anos como umbandista. São coisas que eu adoraria dividir com mais pessoas, então se quiser saber mais me fala, que faço mais posts sobre o assunto. Combinado!?

Um beijo,
assinaturadepost